Ai, é tão bom quando a direita caceteira manifesta o seu respeito pela propriedade.

Alguém autorizou a Helena Matos a usar as minhas fotografias, e sem qualquer atribuição de autor, para uma das suas catilinárias? É que eu não fui. Tire essa imagem daí imediatamente.

Anúncios

46 pensamentos sobre “Ai, é tão bom quando a direita caceteira manifesta o seu respeito pela propriedade.

    1. Ivone, não é certamente distracção porque o autor esteve sempre associado àquela imagem. Já agora peço-te para colocares um comentário no Delito no Post correspondente, porque me parece que precisamos de transmitir algum sentido de equipa e segurança ao exterior no que respeita a estes assuntos de autoria.

      Gostar

  1. A resposta que Helena Matos dá a um André que a questiona a esse respeito é esclarecedora no que concerne, entre outras coisas, ao QI da senhora. Valha-nos isso: a direita caceteira não é muito inteligente — embora, infelizmente, seja bem espertalhona.

    Gostar

  2. Pedro Braz Teixeira

    Posted 19 Outubro, 2011 at 14:57 | Permalink

    Cara Helena,
    Parece que há mesmo uma questão de direitos de autor sobre a fotografia, como pode verificar aqui:
    https://vidabreve.wordpress.com/

    Não percebo é porque não a avisaram de forma clara, directa e educada.

    André

    Posted 19 Outubro, 2011 at 15:34 | Permalink

    Helena Matos, podia explicar em que sites encontrou a imagem, ao dizer “em mais do que um site”? Por exemplo, aqui http://daliteratura.blogspot.com/2011/10/o-prec-da-direita.html , a fonte da fotografia é citada. Se foi aqui, http://www.vidabreve.wordpress.com, é natural: trata-se do autor (e dono) da imagem. Além disso, no link da imagem, consta a sua origem no wordpress, como qualquer pessoa pode constatar.

    A desculpa que a Helena Matos dá para o que faz é, no mínimo, esfarrapada. Lá porque os outros utilizem propriedade alheia como lhes dá no goto, não a obriga a incorrer na mesma falta. Não procurou a fonte e/ou não a citou convenientemente, porque não esteve para aí virada, pelos vistos. Shame on you.

    Sobre o post, é um não-assunto, merecendo aqui destaque por mero instinto de caciquismo do autor.

    André

    Posted 19 Outubro, 2011 at 15:39 | Permalink

    Sim, Pedro. Faria “pendant” com as formas educadas e soltas de atavismos éticos que assistiram à ilustração deste post , usando uma imagem de alguém que não desejava ser associado a tão pobre laracha.

    ————————————–

    Pelos visto, Luís, a Helena Matos passou num ápice de culpada de uso indevido de propriedade alheia, a vítima de má educação da sua parte….

    Gostar

  3. Muito bem, o seu a seu dono, e independentemente da vacuidade (mais uma) do post causador desta questão, com direitos de autor não se deve brincar/usurpar.

    p.s: À margem LMJ, desde já lhe comunico que considero, pela sua pluralidade e acutilância, o Delito como o melhor blog nacional…e como tal muito me estranhou e decepcionou terem eleito HM como a melhor blogger!!!??? 2010 ou seria 2009 (conforme também já comuniquei a Pedro Ramos, pessoa que muito respeito pelos seus textos.
    Fique bem.

    Gostar

  4. Óbviamente que o apelido deste Pedro é Correia e não Ramos. Mistura de textos e referências pelas quais peço desculpas.

    Gostar

  5. ACTUALIZAÇÃO: por volta das cinco da tarde a autora lá se dignou a afirmar que a autoria da imagem é “reivindicada” por mim. Como não gosto de ser exaustivo, vou deixar cair o assunto.

    Noto no entanto que muitos dos comentários que lhe foram feitos por pessoas geralmente educadas continuam por publicar. Gente fina é outra coisa.

    Gostar

    1. Deixei de frequentar aquele pasquim há anos, mas pelos vistos aquilo continua de vento em popa … olha, ficaste a saber que “reinvindicaste“ a tua própria fotografia. É de morrer a rir.

      Gostar

  6. “…foram feitos por pessoas geralmente educadas continuam por publicar.” (Na brincadeira) Este “geralmente” faz toda a diferença, Luís.

    Gostar

  7. Uma vez que também não se encontra visível a fonte ou qualquer outra referência, e pela mesma ordem de razões, gostaria de saber, só para chatear, se o caro Luís M. Jorge obteve autorização do titular ou titulares dos direitos sobre a fotografia que colocou (cortada e editada!) recentemente no header deste seu blogue.

    Gostar

    1. Por acaso a fotografia do header é linkada num post que encontra um pouco mais abaixo entitulado “tarefas virtuosas”. Pode confirmar.

      A Helena Matos, como é seu hábito, combateu alguém sem o citar. Não é a primeira vez que acontece. A grande diferença é que pela primeira vez usou material criado por mim sem sequer fazer referência ao autor. A atribuição é o mais importante. A autorização é menos, e por isso deixei cair o problema quando a autora colocou o link como lhe competia. Não sei se o devia ter feito, por causa da intencionalidade do seu post.

      O que me incomoda nisto tudo é a canalhice de usar a matéria-prima de alguém para o atacar sem sequer lhe reconhecer o direito de existir como interlocutor. Suponho que concorda comigo ou não?

      Gostar

      1. Meu caro,

        Não só concordo, como digo mais: já não leio uma linha escrita, seja onde for, por Helena Matos há um bom par de anos.

        Quanto à questão da fotografia que referi, era mesmo só uma pequena provocação, pois efectivamente também a tinha visto, em toda a sua plenitude, no Boston Big Picture.

        E eu próprio, o que não passa a ser correcto, nem sempre identifico (ou me esforço para conseguir identificar) a fonte ou autoria das mesmas pelos sítios onde vou blogando.

        Efectivamente, a questão central aqui não é a legal e de direitos de autor e respectiva regulação (também podia ser), mas antes a falta de educação e cortesia (aliás, a ideia que me dá é a de que se trata de uma pessoa que se comporta como se só ela existisse no mundo) que HM desde há muito manifesta nos seus escritos.

        Gostar

  8. Próximo post da Leninha: “A propriedade privada é um roubo”. Depois, no último parágrafo, faz um twist no texto e acaba por demonstrar que Proudhon não era bem Marx e que o Marx é que era mau. E, aliás, assaz liberal.

    Gostar

  9. É comum a confusão entre autorização e atribuição. A primeira é essencialmente uma questão jurídica, sendo a segunda puramente ética. Ainda que uma pessoa não esteja moralmente obrigada a fazê-lo, é da mais elementar moral indicar claramente a autoria do que tomamos emprestado, sobretudo quando corre o risco de ser confundido com produção nossa.
    Acenar com a bandeira da liberdade de expressão, como alguns partidários da HM fizeram, é pura falácia, com o propósito de atirar areia para os olhos da gente.

    Gostar

  10. O karma é fixe, ó reivindicador: a ‘moderação’ do Blasfémias validou a Zazie, némesis perfeita para quem desrespeita as regras básicas do fairplay comunicacional.

    Gostar

  11. Desisto de esperar pela aprovação dos meus dois comentários: vou-me deitar!
    -:)
    Agora a sério: aquela da fotografia reivindicada é cá de uma elegância e bom perder! Malta assim na Comissão de Lágrimas, e não escapava um… Bom, fico-me por aqui senão ainda acabo a falar do Hitler…

    Gostar

  12. A Helena era aquela Sra de cabelo empastado, que a Maria João Seixas levou para o seu programa na tv2 há alguns anitos…..?Até metia monarquico a emborcar whisky.Ai como o tempo passa….
    Dava um ar de sociologa esquerdoide.Recordo bem.
    Julgo que depois, a D. Maria, ficou ofendida com a dita. por esta lhe morder a mão…traições!!!!
    Agora já” arreia “melhor,mas….

    Gostar

  13. Oh, que bom saber que a monga da Helena Matos vai saltar do “Público”. Pelo que vejo, continua a ser uma imbecil que não tem respeito por ninguém, rodeada da corte de sequazes igualmente pacóvios e broncos lá no “Blasfémias” (de quê, não sei, que aquilo é só carneirada).
    Ainda lhe deve doer o traseiro de uma carta que recebeu em Março, depois de (mais) um chorrilho de cavalidades que escreveu sobre a ciência d’outrem. Não só nunca respondeu, como levou com algo que não conhece: factos.

    Bem hajam.

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s