Em casa.

Fui brevemente ao Algarve, mas a rotina de apanhar um barco ou a miniatura de um comboio para ir à praia não me serve. Detesto calor, detesto pó, detesto parques de estacionamento ao ar livre e calções de banho de tecidos sintéticos e esplanadas ruidosas e sol. Também detesto ler platitudes sobre terrorismo e detesto ouvir gente que adora ouvir-se. Mas estou a gostar disto:

HousekeepingNovel

Estou a gostar tanto que considero encomendar a versão em papel, aquela matéria de que as árvores são feitas ou vice-versa onde a magia se deposita  em partículas iridescentes quando mais nada nos serve. Obrigado, querida Marilynne.

Advertisements

2 pensamentos sobre “Em casa.

    1. Pela Difel? Não sabia. Há uns 15 anos fui falar com a senhora que a comandava, porque ela queria que os textos das badanas fossem feitos por alguém que entendesse de comunicação. Pedi-lhe cem euros à peça, por ser algo que queria muito fazer. Ela olhou para mim como se visse o Shylock e nunca mais me ligou.

      Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s