Próximo: Itália.

Wolfgang Münchau no Financial Times:

An Italian exit from the single currency would trigger the total collapse of the eurozone within a very short period.

It would probably lead to the most violent economic shock in history, dwarfing the Lehman Brothers bankruptcy in 2008 and the 1929 Wall Street crash. But my sense is that those who would advocate an Italian departure might even relish bringing down the whole house.

To prevent such a calamity, EU leaders should seriously consider doing what they have failed to do since 2008: resolve the union’s multiple crises rather than muddle through. And that will have to involve a plan for the political union of the eurozone countries.

Britain is not the cause for any of this. The eurozone and its appallingly weak leaders are to blame. But Brexit may well be the trigger.

É já em Outubro.

9 pensamentos sobre “Próximo: Itália.

      1. Caríssimo Luís, isto sem esquecer a Padânia, os impulsos autonomistas da Sicília e da Sardenha e o pendor do presidente italiano (um octogenário ex-comunista recauchutado) para nomear primeiros-ministros e governos à margem do sufrágio universal…
        No caso de Itália, metade da dívida soberana e um terço do sector bancário é propriedade da banca gaulesa: talvez isso explique a recente conferência de imprensa franco-italo-alemã à margem do Conselho Europeu pós-Brexit

        Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s