E agora, love?

Os vermes encolhem-se quando são pisados, explicava Nietzche, porque assim evitam ser pisados outra vez. Um dia depois do referendo britânico, os “seis países fundadores” da UE fizeram uma reunião. Os outros chucharam no dedo. Estamos portanto conversados quanto à estratégia europeia para enfrentar os efeitos do Brexit: encolher.

O euro servirá os países ricos do continente. O Estado Social idem. Para nós fica a austeridade infinita, ou a desvalorização abrupta de um regresso ao escudo. Quem não gostar que se amanhe.

15 pensamentos sobre “E agora, love?

  1. Sendo forçados a uma “segunda divisão” seria de uma enorme falta de sentido de oportunidade não aproveitar para não questionar abertamente qualquer imposição europeia (de quotas, a subsídios, a votos…). Mas por cá ninguém quer abanar o barco…

    Gostar

        1. Sem moeda própria, a posição negocial portuguesa é, no mínimo, frágil pelo que, pôr-nos em “bicos de pés” sem armas para cumprir o “bluff”, não é a posição mais avisada…

          Isto para já não falar que não há saídas indolores, há é perspectivas de médio longo prazo melhores ou piores consoante se fique dentro ou fora.

          Gostar

            1. Caríssimo Luís, continuo na minha: melhor seria introduzir o dólar norte-americano como moeda co-oficial em Portugal. E referendar (em Portugal continental e nos Açores) a independência da Madeira (como novo PALOP)…

              Gostar

          1. Só é bluff se assim o quisermos. Consequências existem sempre. A permanência (nos termos actuais) também está longe de ser indolor… talvez não seja é para os mesmos…

            Gostar

  2. O Sr. que é Ministro da Finanças continua a fazer das suas http://observador.pt/2016/06/29/schauble-diz-e-recua-novo-programa-para-portugal/ revelando mais um vez o que interessa proteger http://www.ft.com/cms/s/0/41ff8d80-3ebc-11e6-8716-a4a71e8140b0.html#axzz4D6hoPx3x , para quem esteja distraído http://www.bloomberg.com/news/articles/2016-02-12/schaeuble-says-portugal-debt-woes-trump-strong-deutsche-bank o interesse nacional está primeiro, o espírito europeu é mais para os postais ilustrados…

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s