Os argueiros e as traves.

Helena Matos, virago da súcia imprestável em que se tornou a direita blogosférica, coteja hoje António Costa com Cristina Kirchner, Varoufakis e Nicólas Maduro para sugerir entre larachas espasmódicas que é tudo a mesma coisa. Eis o link, que manuseio com certa repugnância.

Nem de propósito: a RFI apresenta-nos uma reportagem sobre o estado da arte na Polónia (disponível em audio). Depois da comunicação social, o Governo ataca agora a Justiça.

Aguardaremos o que for preciso até que Helena Matos, ou um dos gnomos que se contorcem no Blasfémias, no Insurgente e em blogues alinhados, exibam a sua faceciosa ironia  denunciando a “Kaczyńskização em curso”.

 

9 pensamentos sobre “Os argueiros e as traves.

  1. Caríssimo Luís, modestamente sugiro o apodo «órbanícolas» para catalogar, por grosso e atacado, os “gnomos da súcia imprestável em que se tornou a direita blogosférica”…
    Noto também (“com faceciosa ironia”) que o condutor Maduro se prepara para ceder todas as reservas de ouro da «Pequena Veneza» ao Deutsche Bank (o tal banco que, no respectivo balanço, tem a débito 17 Alemanhas) através de megacontrato de “swap”, visando adiar a bancarrota do dito país hispano-americano: após o correspondente “evento de crédito, ficarei a aguardar a contabilização dos retornados lusos e lusodescendentes via TAP e SATA…

    Gostar

  2. Só me admira que o Cavaco dos últimos dias não aproveite para condecorar também estes sirs isaiahs berlins (two concepts of liberty) direitolas. Como retrato de Eichmann em museu ferroviário, aquilo era malta para figurar sem desprimor ao lado do agraciado (de hoje) Sousa Lara por altos serviços à pátria; à raça e à cultura.

    Gostar

  3. Um amigo húngaro (que nunca partilha nada no Facebook), partilhou ontem uma foto dele com um dos diretores da rádio em que trabalha, ambos de camisa aos quadrados e barba por fazer. Como muitos, reagiram online a um ex-secretário de estado do governo de Orbán, “fed up with the all these teachers who are unshaven and in their square shirts”. Segundo conta, é apenas a ponta do ice-berg: desinvestimento generalizado, centralização da educação (“to tighten the leash”) e mudanças nos manuais para alinhar com a propaganda estatal fazem o prato do dia. Pesquisando por “Orban” (com e sem acento) no Blasfémias, são estes os resultados com que nos deparamos:

    http://blasfemias.net/2010/04/12/popularismos/

    (Um tal de Gabriel Silva insurge-se contra uma jornalista do “Público” que considera o homem “populista”).

    http://blasfemias.net/2014/10/28/uma-especie-de-taxa-de-direitos-de-passagem/

    (A Helena Matos insurge-se contra a “Taxa de Direitos de Passagem” em Portugal, na altura em que o corajoso líder húngaro tentou introduzir um imposto sobre a “utilização da internet”).

    Uma carreira feita à custa de de pretensos saneamentos na comunicação social e de retórica traiçoeira contra os governos “da esquerda”. Quanto mau caratismo, como dizem os brasileiros.

    Gostar

  4. Mais duas figuras de museu http://economico.sapo.pt/noticias/joao-salgueiro-e-cesar-das-neves-acreditam-que-pode-vir-ai-um-novo-resgate_243096.html , desacompanhadas na sua posição de oráculo http://www.bloomberg.com/quote/GSPT10YR:IND os madraços dos juros não disparam, malvados mercados, manipulados pelo BCE…

    O Doutor das Neves guarda no seu intimo uma eterna saudade http://www.dn.pt/portugal/interior/cesar-das-neves-da-conselho-de-salazar-a-deputados-do-psd-5037787.html que ainda não digeriu…

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s