Oportunidade perdida.

Os nossos candidatos presidenciais não têm Facebook? Desconhecerão por acaso que morreu David Bowie? O professor Marcelo não ouvia Ziggie Stardust na clandestinidade da breve noite caetanista, enquanto imprimia folhetos de oposição ao padrinho*? A drª Maria de Belém não terá cedido aos impulsos concupiscentes de Let’s Dance quando conspirava na discoteca Wisphers com as viúvas e os velhinhos? E Sampaio da Nóvoa, nunca ouviu Ashes to Ashes? Marisa Matias não se identificou com Jump They Say? O padre Edgar desconhece Nothing Has Changed? Paulo Morais é indiferente a This Is Not America?

Ninguém tem assessores de imprensa, empresários da noite, dinossauros do rock? Será preciso que pessoas com faro apurado, como João Soares, venham a terreiro recordar ao povo em que candidata votaria o santinho?

Esta gente não tem sangue na guelra, não tem ambição, não merece vencer, leitores.

* Um dos atentos familiares de Marcello Caetano informa-me que o ex-primeiro-ministro do Estado Novo era padrinho de casamento dos pais de Marcelo Rebelo de Sousa, e não padrinho de baptismo do candidato.

2 pensamentos sobre “Oportunidade perdida.

  1. Atenção isto é uma fotomontagem parodiando o facto de ter dito “tenho a certeza que a minha mãe votaria na Maria de Belém”. As conclusões podem ser as mesmas mas as premissas não.

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s