A orgia e as tretas de Pias.

É um bestseller ao gosto popular: os vinhos de “Pias” invadiram pequenas e grandes superfícies, e fazem parte da nossa vida como a propaganda governamental. Para quem não conhece o Alentejo, eis a região em que se ergue a vila de Pias:

Screen Shot 2015-09-01 at 14.46.38

É uma das áreas mais belas do país. Mas, lá está: quem conhece mal o Alentejo pode ser levado a considerar que os vinhos de Pias se produzem na vila que lhes dá o nome. Não produzem.

Vinho-AsPiasBranco02

Em Pias só há duas adegas com distribuição mais ou menos nacional: o Monte da Capela, que vende o seu Terras de Pias ao Lidl. E a Sociedade Agrícola de Pias, que distribui boas pomadas nas áreas circundantes de Lisboa. Tudo o resto é falso, se não for ribatejano.

Aliás, convém esclarecermos que a fama dos vinhos de Pias se deve, não a um tinto, mas a um branco: o Margaça, da Sociedade Agrícola, muito popular desde há décadas entre os agricultores da região.

Assim caem os mitos.

2 pensamentos sobre “A orgia e as tretas de Pias.

  1. Eu juro que nunca ouvi falar no vinho de Pias. O mito criou-se, cresceu, está em vias de cair e eu nunca ouvi falar no mito. Acho que não vou sair de casa nos próximos meses… Quando era mais novito, estava muito na moda o vinho branco de Lagoa, algarvio, uma verdadeira instituição.

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s