Serviço público.

vinaigre-balsamique-modene-leonardi-8-ans-2-medailles

Isto é vinagre balsâmico. Não importa a cor ou o formato da embalagem, mas chamo a atenção para a lista de ingredientes: no verso desta garrafa está escrito algo como “mosto de uvas avinagradas”. Não está escrito “corantes”. Não está escrito “conservantes”. Muito menos está escrito “conservante: dióxido de enxofre”, e juro que não estou a inventar.

No princípio do ano trouxe uma garrafa de Roma, que chegou hoje ao fim. O que faço agora? Vou ao Pingo Doce ou ao Lidl comprar “vinagre balsâmico” com dióxido de enxofre? Vou a uma loja gourmet adquirir o néctar das dondocas mediterrânicas pelo triplo do preço? De modo algum. Vou à dispensa e tiro uma garrafa de bom vinagre português, feito pelo Adolfo da Maçussa, que me ofereceram há meses com um pretexto qualquer. O que diz no rótulo? Uvas.

Respeitar os ingredientes é respeitar o que somos.

Anúncios

2 pensamentos sobre “Serviço público.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s