Denis Johnson

laughingmonsters

A descoberta recente de um grande escritor. Ecos de Graham Greene, neste The Laughing Monsters, e de Cormac McCarthy em Train Dreams.  O autor tem, que eu saiba, quatro livros traduzidos em Portugal — pela Relógio d’Água, Casa das Letras e Ahab. Ainda há gente boa.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s