O seu a seu dono.

Paulo Portas irrita-se com a apresentação do cenário macroeconómico do PS. É natural. O autor do guião para a reforma do Estado, de tão boa memória,  não poderia satisfazer-se com uma merda qualquer.

11 pensamentos sobre “O seu a seu dono.

                1. Mas o meu problema é político, ou talvez uma perspectiva histórica da coisa. repare o que aconteceu ao trabalho: temos dirigentes de uma central sindical contra o aumento do salário mínimo. Isto é uma vergonha a vários níveis, mas o que me impressiona é a desistência de defender o trabalho que foi legitimada pela “terceira via”.

                  Gostar

  1. ´É natural que se irrite caro Luis. Provavelmente já calcula quanto lhe irá custar (em queijos limianos) manter o “cenário” de pé na próxima legislatura. Isto, como diria o Medina Carreira, é preciso saber fazer contas.

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s