Ainda a propósito dos gestores portugueses (2).

Um exemplo como outro qualquer. Há muitos assim. O cliente marca reunião na agência antes de almoço. Não aparece. Marca outra nesse dia para as seis. Não aparece. Alguém da agência lhe telefona. Ele diz que vai chegar às sete e meia. Respondem-lhe que às sete e meia a pessoa com quem vai reunir não pode estar. O cliente pergunta: “mas vocês são o quê, a função pública?”

Um pensamento sobre “Ainda a propósito dos gestores portugueses (2).

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s