Marinho.

Muita gente atribui o sucesso de Marinho Pinto ao perfil psicológico ou ao tom de comunicação. Parecem-me análises pobres. Mais interessante é isto:

marinho2

Enquanto a direita tende a ser conservadora nos costumes e liberal na economia, a esquerda tende a ser liberal nos costumes e social na economia. Há diferenças entre os vários partidos, claro.

Mas Marinho Pinto é diferente: ele é conservador nos costumes e social na economia.

Ou seja, ocupa um espaço que mais ninguém ocupa. A sofisticação do seu discurso (inexistente) é irrelevante, porque Marinho representa algo de novo na oferta política em Portugal.

Está próximo do CDS e do PCP, distante do PSD, do PS e do Bloco.

O sucesso provável de Marinho Pinto (ou de alguém que tome o seu lugar) é um sucesso de posicionamento.

A Europa está a ser varrida por gente assim.

Anúncios

6 pensamentos sobre “Marinho.

  1. Muito interessante, Luís Jorge. Não sei se reparou, mas naquele mesmo sítio está também a Igreja, exceptuando o sector representado pelo César das Neves, o liberal Richelieu dos banqueiros. O único rival à altura do Marinho Pinto, seria, portanto, o Papa, se moderasse alguns desvios doutrinais.
    O Marinho Pinto estaria assim garantido, se não fosse um pequeno pormenor precisamente nos costumes: uma descarada inconstância nas fidelidades. Juntou-se a um partido, criado de pequenino para ele, e deixou-o sem uma palavra, para fundar agora outro, ao que se diz. Ora, o nosso povo apenas admite isto se feito discretamente.

    Gostar

  2. A separação higiénica entre liberalismos é interessante, mas muito mais pelo que esconde do que pelo que revela. É que se olharmos para os últimos 25 anos da vida portuguesa verificamos que qualquer vitória iliberal, à esquerda ou à direita, é no momento seguinte colocada em causa até desaparecer ou se tornar irreconhecível. Não se consegue tirar água só de um lado do balde. Os eleitores de Marinho e Pinto são o lixo do Liberalismo, os mais fracos e desprovidos. Não são sofisticados mas cansaram-se de ser os idiotas úteis de partidos (a excepção é o PCP) que os desprezam. É um começo.

    Gostar

  3. Luís,
    Não me parece que o MP seja propriamente um conservador nos costumes.
    Ele é um fervoroso crítico do Portugal salazarento, nomeadamente no que concerne ao papel das mulheres; é um adepto militante da descriminalização do aborto; defende a moderação na aplicação da lei penal; é um defensor dos direitos dos animais; etc
    Tenho ideia que a única questão em que é conservador é a dos direitos LG’s (aliás como muitas pessoas de esquerda da sua geração) .. e talvez (not sure) a eutanásia.
    Aliás, na minha modesta opinião, o problema central é a sua pessoa e não as ideias que defende.

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s