Errata.

Há cerca de um mês defendi que o ministro dos assuntos parlamentares devia demitir-se. Agora percebo o meu erro. Espero que o doutor Miguel Relvas se mantenha no cargo, ornamentando o Governo como uma grande ave do paraíso, um colírio e uma benção para a oposição.

Anúncios

3 pensamentos sobre “Errata.

  1. Veio “rapidamente e em força”.
    Acho bem, a vida é breve.
    Os (poucos) homens que me dão prazer na vida não os quero com longos interlúdios.

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s