2500 anos depois.

20120517-193900.jpg

“A GRÉCIA É UM PAÍS INVENTADO; ERA UMA PROVÍNCIA DO IMPÉRIO OTOMANO”, José Luis Arnaut (ex-Ministro Adjunto de Durão Barroso e Ministro das Cidades e etc. do governo de Santana Lopes)

Anúncios

22 pensamentos sobre “2500 anos depois.

  1. Uma pessoa ouve cada enormidade que dá vontade de emigrar. Ainda pensei em fazer um post sobre este dislate mas depois achei que não devia fazer publicidade. Ali nos Balcãs era quase tudo província do império Austro-húngaro, depois de ter sido do império Otomano, depois de ter sido do império romano do oriente que às vezes se chamava dos gregos, a Alemanha, tadinha só depois do Bismarck e por aí fora, o país da Europa com fronteiras e existência mais estável deve ser Portugal. Infelizmente essa característica não nos tem ajudado a ter uma situação financeira sólida e desafogada ao longo da nossa história, temos tido aqui e ali umas riquezas boas que costumam desaparecer com a rapidez com que aparecem.

    Gostar

  2. Não pegando no facto de, por exemplo, há menos de dois séculos a Alemanha e a Itália não existirem enquanto tal, será possível que o senhor em causa desconheça que, mais do que como país, a Grécia existiu como civilização, e que o seu âmbito se estendeu até à governação de países como o Egipto (a Dinastia Ptolemaica, da qual Cleópatra VII será ainda hoje o monarca mais conhecido, era de origem helénica)? É a esta gente que pagam (ou não pagam, dá no mesmo) para comentar na televisão; é isto a nossa elite política.

    Gostar

  3. É grave que paguem a esta gente para opinar disparate. Nem toda a gente tem conhecimento histórico e espirito critico. Muitos não leem jornais e só veem TV.

    Gostar

  4. Estive na Grécia este mês, não foi em Atenas mas não senti a crise. A juventude sobretudo, viam-se poucos com mais de 40, os abaixo de 40 pareciam que passavam a vida nos restaurantes, bares e cafés.
    Elas maquilhadas, com base, mesmo novinhas com menos de 18 e a fumarem cigarros manufacturados quase todos, quase todas.
    Os mais de 40 deviam estar a trabalhar e os outros não tinham trabalho mas a vida nocturna era de cidade sem crise.

    Gostar

  5. Percebo cada vez melhor a razão de PPC querer acabar com as “Novas Oportunidades”. Ele não gosta que um serviço público gratuito possa concorrer com licenciaturas compradas em algumas universidades privadas

    Gostar

  6. Há os países inventados e há os países naturais. O nosso, pela graça de Deus, foi delimitado com vedação no primeiro dia da criação do mundo e povoado com arnauts, para compensar as belezas naturais. A Grécia foi um pedaço de rochedo que caiu do céu há cem anos com extraterrestes conhecidos como papadopoulos.
    Ele que vá dizer isso para a Grécia, que leva um chuto que só pára na Turquia. Três mil anos de história, reduzidos a pó. O Carlos Azevedo ali em cima é que responde bem, com os exemplos da Alemanha e da Itália num horizonte de dois séculos (a que podia ser acrescentado praticamente qualquer pais da Europa central e dos Balcãs). A identidade de um país é feita sobretudo pela lingua comum e um sentimento nacional comum e isso mantêm os gregos apesar (ou por causa) de séculos de dominação exterior (a do império otomano, que durou cerca de quinhentos anos, foi só o mais longo). Nesse sentido, a Espanha, por exemplo, é menos pais do que a Grécia ou Israel, um país “inventado” no deserto há menos de cem anos a régua e esquadro.

    Gostar

  7. O que uma pessoa perde por não ser espectador da SIC-N durante o (ou depois do) jantar… Valha a verdade que o cavalheiro nunca dá uma para a caixa. Mas como não é o único, podemos relativizar. A bem da sanidade mental de quem (ainda) vê e ouve.

    Gostar

  8. A Grécia de facto até foi uma província do Império Otomano. A talhe de foice o Império Romano(que chalaça!!!) é uma discoteca um bocado decrépita ali para os lados do Pinhal do Rei na Marinha Grande. Os nossos notáveis comentadores made in “sics” e outras que tais honram-nos com a sua suprema erudição histórica. Suicide-se!

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s