Limpeza, 3.

A inteligência é inimiga da acção porque conduz ao paradoxo. Por exemplo, nos momentos de ruptura ensina-nos que somos muitos pequenos, mas também nos diz que se nos vemos como pequenos nos apequenamos, o que é contrário ao bom uso da inteligência.

Anúncios

4 pensamentos sobre “Limpeza, 3.

  1. É um nó górdio, que se desfaz facilmente, O bom uso da inteligência é mesmo apequenarmo-nos. Já o bom uso da burrice é sentirmo-nos ilimitados. O bom uso do bom senso é não complicarmos. É neste intervalo curto que devemos agir.

    Gostar

  2. Os pequenos unidos podem fazer muitos milhoes. espanha, portugal, grecia, italia, etc unidos podem ter na europa a possibilidade de fazer compreender que as financas e o mercado forem criados por homens para satisfazer as trocas e nao satisfazem qual ë a utilidade

    Gostar

  3. O paradoxo (os paradoxos) fazem parte da vida, e os mais inteligentes de entre nós não só sabem disso como aceitam esse facto. E os muito bons são aqueles que apesar do paradoxo não deixam de decidir e de serem pessoas de acção.

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s