Ao regressar a casa após duas reuniões no Alentejo separadas por hora e meia de viagem (estas coisas espantam sempre um lisboeta) lá concluí a contragosto que nunca me senti tão optimista como hoje, com um novo negócio, trabalho feito e por fazer, e um projecto de vida capaz de unir o trolaró ao uso de alguns neurónios para deleite do empresariado nacional. Só depois compreendi que tinha demorado seis anos a chegar a isto, sendo isto pouco mais do que um começo como outro qualquer. Mas não importa. Com a língua de fora, o sol na moleirinha, três horas dormidas na noite anterior, cheguei feliz como um cachorro depois de um dia na praia.

Anúncios

5 pensamentos sobre “

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s