Contas à parlamentar.

O importante não é o assunto, é o método. Se fazem assim com a água, imaginem com o défice, com as PPP, com os investimentos públicos e com o Orçamento de Estado. Nem vale a pena esmiuçar a aritmética, já percebemos todos.

Anúncios

8 pensamentos sobre “Contas à parlamentar.

  1. A despesa com os jarros é de 4600 euros,mais ou menos. Se eles abdicarem dos jarros de vidro soprados em Murano, acho que cada um de nós podia levar um jarrinho e oferecer. Caraças, tantas manifestações e heppenings em frente a São Bento, porque é que não se organiza este? Quanto à despesa com a água da torneira, devem ter um tubo directo a Evian.

    Gostar

      1. Carlos, fica mais barato dar-lhes vinho. Andamos aqui a brincar, mas a verdade é que estou muito curioso para saber como chegaram realmente àquelas contas. Mas não sei se o regimento da assembleia permite que um deputado levante o rabo da bancada e faça perguntas ao senhor presidente sobre a água que lá se bebe e respetivos vasilhames.

        Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s