My precious.

Todos os meus livros de Dickens publicados na Oxford World’s Classics incluem um anexo com as notas de trabalho do autor. Aí se encontram títulos alternativos, um esboço dos capítulos, frases que definem algumas personagens, o modo e a intensidade com que nos são apresentadas, hesitações sobre o enredo, etc. É como assistir ao brainstorm de um génio cento e cinquenta anos depois.

E divertiu-me saber que em vez de Hard Times podia estar a ler hoje The Grindstone, Heads and Tales, Black and White, Two and Two are Four ou Stubborn Things.

Anúncios

2 pensamentos sobre “My precious.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s