Prós.

(…) Uma pessoa do lado de cá do ecrã tem uma epifania, um relance de um determinado futuro melhor: o homo consumens que ainda somos rasteja para fora dos shoppings, convertido em homem-aforrador, e daí caminha, erecto e de gravata, rumo à evolução final, o homem-investidor. Assomam-me visões dos filhos que nunca terei a debitar Nasdaquês, colados ao telemóvel, e estou a dar graças pelos preservativos e a pílula do dia seguinte quando um Pró com cara de já ter chegado ao último estádio evolutivo me corta a “trip” distópica. Que se a Grécia vai ao fundo vamos todos com ela. Things are going to slide in all directions, uh-uuh-uuuh, prognósticos só no fim do jogo.

É uma nota de incerteza que perturba o andamento do programa, mas Fátima Campos Ferreira aponta a saída. “E vamos para a frente, porque há mais vida! Continuamos a viver neste lindo rectângulo à beira-mar, no sul da Europa! Vamos continuar a viver, a estar cá! E alguma coisa se há-de arranjar! Nós havemos de sair disto! Boa noite, até para a semana!”.

Visionárias palavras: confirmo que tenho planos para estar viva na próxima semana, mas é pouco provável que consiga “estar cá”, se puder evitá-lo. Confio em qualquer caso que o país saia disto sem mim, e até, quem sabe, sem a Fátima Campos Ferreira.

De alguém com muita sorte.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s