O fardo.

Na última parte de Lawrence da Arábia, Faisal confessa que o homem que acabou de lhe entregar Damasco é uma faca de dois gumes.

– Estamos ambos contentes por nos vermos livres dele, não?

O militar inglês surpreende-se:

– E eu que me considerava um homem duro, Sir.
– Você é apenas um general. Eu tenho de ser rei.

Fernando Nobre não é, por certo, Thomas Edward Lawrence. Não devemos aos seus méritos a vitória recente do PSD. Mas nem por isso a Assembleia da República deixou de revelar um pouco da lucidez e da impiedade do monarca iraquiano ao cumprir, ontem à tarde, a sua função soberana.

Anúncios

Um pensamento sobre “O fardo.

  1. “…nem por isso a Assembleia da República deixou de revelar um pouco da lucidez e da impiedade do monarca iraquiano ao cumprir, ontem à tarde, a sua função soberana.”
    Bem resumido. Apesar de preferir a mulher.
    Houve qualquer coisa na cara dele que me fez perdoar-lhe. Mas eu perdoo fácil a homens que já admirei.
    Atitudes rigidas e vaidosas, infelizmente faz que tenha menos possibilidade de admirar
    Gostava de voltar a admirar mas apartir de uma certa idade os homens mudam? Ou só pioram (ficam menos elásticos como as artérias?).

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s