Ashes to ashes.

Numa cerimónia discreta, as cinzas do malogrado Carlos Castro foram ontem derramadas para o respiradouro de uma estação de metropolitano da Broadway, perto de Times Square. Lá em baixo, na plataforma da rua 42, Martin Ribashkin sacudiu algumas partículas de caspa do sobretudo de caxemira. O jovem Abdul Qasim Malik tragou um shish kebab com inesperado sabor terroso. Lamar Williams teve outra crise de asma e perdeu o transporte para Coney Island. Duas estudantes japonesas fotografaram os passageiros recortados pela atmosfera turva, porosa, quase espectral. A mais nova estagiária da High Life, periódico de mexericos e vernissages, espirrou três vezes e sentiu uma súbita inspiração.

Advertisements

24 pensamentos sobre “Ashes to ashes.

  1. O Conan O’Brien não diria melhor. Só faltou pôr ai um junkie a snifá-lo. O mais espantoso é que não tenha sido autorizado o lançamento de cinzas no rio, e tenha sido autorizado para o metropolitano. Mas a malta que anda de tranporte público na América, e para mais em subterrâneos, é uma sub-espécie de proletariado que deve ter menos valor do que os peixes.

    Gostar

  2. “uma cerimónia discreta”, hehehe
    Decididamente, eu vejo demasiados filmes. Esta cena lembra-me logo dois: “the big Lebowski” e “o pecado mora ao lado”.
    Este caso não acaba mais? Depois da barbárie e do grotesco, entrou na fase do macabramente ridículo.

    Gostar

      1. Cala-te, Helena. Não fales disto, Helena. Olha o respeito pelos mortos, Helena. Olha que as irmãs não fizeram por mal, Helena. Se calhar ficaram ainda mais chocadas que tu com o que acabou por acontecer, Helena. Cala-te, Helena. Não te metas nisto, Helena.
        (hint: a “caspa do casaco” não foi ficção)

        Gostar

  3. Se não fosse a necessidade de publicitar o evento, não surgiriam problemas legais. Se eu quisesse que as cinzas de um parente ficassem em Nova Iorque, nada me impediria de as despejar em Times Square à luz do dia. Isto tem um lado comovente, um lado cómico e um lado trágico. O morto, que tanto amava NY, vê-se de repente, depois de transformado em carbono inerte, considerado ameaça química pelos nova iorquinos.

    Gostar

  4. poderá ser de mau gosto, mas não resisto a enviar o que há dias recebi: se as cinzas fossem lançadas no metro, os combóios passariam apenas a andar de marcha atrás….

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s