Em resumo.

Se houver dúvidas sobre o desemprego, a justiça, o défice das contas públicas e o défice comercial, as entidades reguladoras, a independência ou a liberdade da imprensa, os índices de corrupção ou qualquer destes assuntos correntes, perguntem ao Galambinha.

O país está bem entregue e eu vou para fora no fim-de-semana.

Anúncios

9 pensamentos sobre “Em resumo.

  1. Mozart – Requiem – Lacrimosa

    Lacrimosa

    Lacrimosa dies illa
    Qua resurget ex favilla
    Judicandus homo reus.

    Huic ergo parce, Deus
    Pie Jesu Domine
    Dona eis requiem, Amen

    (Tradução)

    Dia de lágrimas será aquele
    no qual os ressurgidos das cinzas
    serão julgados como réus.

    A este poupa, ó Deus
    piedoso Senhor Jesus
    Dá-lhes repouso. Amém

    Gostar

  2. Invocar o Lacrimosa para descrever esta colónia de galinhas doentes tem o seu quê de irremediável sacrilégio. Há-que pensar nas proporções da coisa.

    Gostar

  3. Muito puro.

    Mas severo e duro é este poema de Auden:

    Stop all the clocks, cut off the telephone,

    Prevent the dog from barking with a juicy bone,
    Silence the pianos and with muffled drum
    Bring out the coffin, let the mourners come.

    Let aeroplanes circle moaning overhead
    Scribbling on the sky the message He Is Dead,
    Put crêpe bows round the white necks of the public doves,
    Let the traffic policemen wear black cotton gloves.

    He was my North, my South, my East and West,
    My working week and my Sunday rest,
    My noon, my midnight, my talk, my song;
    I thought that love would last for ever: I was wrong.

    The stars are not wanted now: put out every one;
    Pack up the moon and dismantle the sun;
    Pour away the ocean and sweep up the wood;
    For nothing now can ever come to any good.
    ——————–

    Tradução de Vasco Graça Moura

    Parem já os relógios, corte-se o telefone,
    dê-se um bom osso ao cão para que ele não rosne,
    emudeçam pianos, com rufos abafados
    transportem o caixão, venham enlutados.

    Descrevam aviões em círculos no céu
    a garatuja de um lamento: Ele Morreu.
    no alvo colo das pombas ponham crepes de viúvas,
    polícias-sinaleiros tinjam de preto as luvas.

    Era-me Norte e Sul, Leste e Oeste, o emprego
    dos dias da semana, Domingo de sossego,
    meio-dia, meia-noite, era-me voz, canção;
    julguei o amor pra sempre: mas não tinha razão.

    Não quero agora estrelas: vão todos lá para fora;
    enevoe-se a lua e vá-se o sol agora;
    esvaziem-se os mares e varra-se a floresta.
    Nada mais vale a pena agora do que resta.

    Gostar

  4. Ver ainda de Henry James:

    Letters from the Palazzo Barbaro
    Pushkin Press

    In Venice and in the Veneto with Henry James
    edited by Rosella Mamoli Zorzi

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s