Por falar em humanidade comum.

Há quem goste do estilo desta criatura, que apresento aqui num post entitulado “Os burros dentro do Palácio”. O Palácio é o de Belém, os burros não me atrevo a imaginar quais sejam:

Compare-se com as Presidências Abertas de Soares para se ver a diferença, estas um contrapeso legítimo ao poder da maioria PSD; enquanto a oposição de Cavaco é parte da campanha de destruição de carácter começada por Santana Lopes nas eleições de 2005, continuada José Manuel Fernandes após a SONAE ter perdido o mais importante negócio da sua história, e explorada até à sordidez máxima pelo Sol e TVI com o material da investigação ao Freeport. Pelo meio, passarões do calibre de Pacheco Pereira, Rebelo de Sousa, António Barreto, Mário Crespo, Cintra Torres, Medina Carreira, Pulido Valente, Rui Ramos, os fósseis da SEDES e uma legião de imbecis e ranhosos, encheram o espaço opinativo com variações desta campanha.

Não avaliem apenas a linguagem: os fósseis da SEDES, uma legião de imbecis e ranhosos (e o despautério continua). Julguem também as reflexões: as Presidências Abertas de Soares eram um contrapeso legítimo ao poder da maioria PSD; enquanto a oposição de Cavaco é parte de uma campanha de destruição de carácter, etcVale a pena ler o resto. 

Agora imaginem este sujeito com poder político efectivo e uma maioria absoluta a apoiá-lo. Pensem neste sectarismo nevrótico, neste ódio apoplético ao serviço do país durante mais quatro anos. É quase inacreditável, não é?

Dizem que o pobre homem é muito apreciado ali para os lados do Jugular.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s