Cartas de amor.

Há dois ou três anos, quando era muito novo, escrevi a pensar em alguém um longo arrazoado que começava assim:

“Em ti, que és o meu mundo, o sol nunca se põe.”

Hoje escreveria:

“Bens perecíveis — os que se deterioram rapidamente, mesmo sem uso.”

 

3 pensamentos sobre “Cartas de amor.

  1. Portanto
    1) O intérprete superficial que faz zapping conclui:
    – Foi-se a juventude, o amoroso secou
    2) O intérprete cínico que tira a desforra do dia conclui:
    – Pois então … mais valia teres usado
    3) O intérprete esforçado que gosta de acreditar no que lê conclui:
    – Não há rigor lógico na diacronia proposta ( evolução “há 2 ou 3 anos” / “Hoje”)
    O parâmetro analisado não é o mesmo, sofre um vício de redução conceptual, dado que considera num caso o causal e no outro a consequência; num caso o produtor, no outro o produto.
    4) O intérprete sensato conclui:
    – Ele há domínios imprestáveis à objectividade.

    (já agora, guardou cópia da carta ou… nunca a mandou?! Tem qualquer coisa de S. Paulo: ” que o sol nunca se ponha sobre a nossa ira”).

    Gostar

  2. Nessa altura “o era muito novo”, dava para elevar a paixão até aos picaros do céu!
    Parece que foi no meu tempo já lá vão uns longos anos, onde até de joelhos confessávamos a nossa paixão!
    Hoje passados os tais longos anos, a paixão amainou, mas sem joelhos prostrados envolvemo-nos regularmente.
    Agora se “passados dois ou três anos”, o amor virou bombom derretido, ainda antes de ser saboreado, até deixar rastos de doçura sobre a língua que lampeja a paixão sentida!!!!
    Assim sendo,algo vai mal no seu reino intimista.

    Gostar

  3. Ilusões juvenis de que a fusão é possível! Não é, nem é aconselhável. Cada ser humano é um ser especial e único! Por mais “identificações” que existam, felizmente não somos seres intermutáveis!

    :))

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s